Publicidade

TROCA DE TREINADOR RESOLVE ?

Compartilhe este Post

   O Vitória atravessa uma má fase e não é de hoje, rebaixado para a Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro no ano de 2021, realizou um campeonato baiano 2022 abaixo das expectativas, visto que não disputou Copa do Nordeste esse ano e ainda terminou o pleito em quinto lugar, nem sequer classificou para a fase final da principal competição do estado, méritos dos times do interior do estado que apresetaram melhor planejamento e consistência tática e técnica.

 Nos últimos cinco anos foram anunciados 16 nomes para o comando técnico do Leão da Barra, o último anunciado foi João Burse (40), já conhecido da torcida, treinou os times de base do Vitória sub-17, sub-20 e sub-23, seu principal destaque foi o título da Copa do Brasil sub-17 em 2015.  No ano de 2018 assumiu o Vitória interinamente. Burse também tem passagem pelo futebol paranaense onde treinou o Cianorte por 2 anos e meio, atuando na frente do comando técnico do clube de 2019 até março deste ano, chegando a ser um dos técnicos mais longevos na frente do cargo no futebol brasileiro. Burse chega com a missão de levar o time rubro-negro a segunda fase da Série C e evitar o rebaixamento para a Série D.

 O que preocupa no planejamento do Leão da Barra é que somente no ano de 2022 já são quatro técnicos anunciados com menos de um semestre de bola rolando, o perigo do segundo rebaixamento consecutivo é eminente faltando 8 jogos para o final da primeira fase da série C.

Acompanhe o aproveitamento dos outros técnicos:

Dado Cavalcanti202210 jogos46%
Geninho20224 jogos25%
Fabiano Soares20229 jogos40%

Fonte: GE

Melhor pensar quando contratar e quando for demitir !!!

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.