Publicidade

Domingo de altos e baixos no Brasileirão: Atlético Mineiro fazia a festa,o Gremio quase selou seu rebaixamento e o Bahia respirou

Compartilhe este Post

O domingo foi de altos e baixos no Campeonato Brasileiro. Enquanto o Atlético Mineiro fazia a festa após derrotar o Red Bull Bragantino por 4 a 3, o Grêmio cedeu o empate por 1 a 1 diante do Corinthians, nos minutos finais, e praticamente selou seu rebaixamento à Série B. Ainda pela 37ª rodada, o Bahia ganhou uma sobrevida ao fazer 2 a 0 no Fluminense. E América-MG e Ceará ficaram no empate sem gols.

Vale lembrar que Atlético Mineiro, Flamengo, Palmeiras, Athletico, Corinthians e Fortaleza já estão confirmados na Fase de Grupos. O Brasileirão virou um G-8, sendo que os dois últimos disputarão a pré-Libertadores.

Dia de festa no Mineirão! Na tarde deste domingo, o Atlético-MG pôde, enfim, celebrar a conquista do Brasileirão diante do seu torcedor. Para completar as comemorações, o Galo sacramentou mais uma vitória na competição. Pela 37ª rodada, a equipe mineira venceu o Red Bull Bragantino por 4 a 3 e chegou aos 84 pontos. Já o Massa Bruta é o sexto colocado, com 53 pontos.

Festejando o título de campeão brasileiro diante do seu torcedor, o Galo largou na frente, aos 19 minutos, com Keno. O camisa 11 avançou em velocidade e arriscou o chute de fora da área para abrir a contagem no Mineirão.

Em desvantagem, o Bragantino passou a ser mais agressivo no ataque. Luan Cândido, aos 37, acertou o travessão. Mas, no minuto seguinte, Ytalo aproveitou rebote do goleiro, após finalização de Artur, para deixar tudo igual no marcador.

Depois das conversas nos vestiários, o jogo voltou para o segundo tempo em ritmo acelerado. Logo no primeiro minuto, Artur aproveitou cobrança de escanteio e pegou de primeira para virar o jogo para o Massa Bruta. No entanto, cinco minutos depois, Keno deu ótimo passe para Zaracho empatar a partida mais uma vez: 2 a 2.

Na sequência, Allan quase marcou o terceiro do time da casa, mas parou no poste. Na reta final do confronto, o Galo foi para cima e mostrou as credenciais de dono do campeonato. Aos 32, Zaracho cruzou na medida para Savarino fazer 3 a 2.

No embalo, o time mineiro seguiu pressionando e, aos 42, Hulk recebeu lançamento no ataque e marcou mais um no Mineirão para o delírio do torcedor. No apagar das luzes, Artur fez o terceiro do Bragantino. Mas nada que estragasse a festa alvinegra em Belo Horizonte.

 REBAIXADO?

Na Neo Química Arena, Corinthians e Grêmio se enfrentaram e empataram em 1 a 1. O resultado deixou o Timão com 57 pontos, na quarta posição da tabela da competição, enquanto o Tricolor Gaúcho, com 40, segue na zona de rebaixamento, no 18º lugar.

Em busca dos três pontos para seguir tentando afastar o risco de rebaixamento, o Grêmio começou o confronto diante do Corinthians dominando a posse de bola e mais ofensivo. Campaz levou perigo em chute de canhota, aos dez minutos, mas Cássio fez a defesa. O Timão, um pouco mais retraído, foi equilibrando as ações aos poucos e criou boa chance na marca dos 17, quando Willian cruzou na área, e Róger Guedes cabeceou para fora. O Tricolor respondeu logo depois, novamente com Campaz, que recebeu dentro da área, dominou, mas mandou para fora.

Pressionando em busca do gol, a equipe gaúcha seguiu mais ofensiva e abriu o placar aos 38 minutos. Após saída errada de Xavier, Ferreira ficou com a bola, se livrou da marcação e cruzou da linha de fundo para a área. Fábio Santos até tentou afastar de cabeça, mas deixou passar e viu Diego Souza aproveitar. O atacante dominou no peito e deu um toque de bico para tirar Cássio da jogada e colocar o Grêmio na frente: 1 a 0.

Na volta do intervalo, o jogo ficou um pouco mais truncado. Enquanto o time visitante administrava a vantagem, os mandantes foram buscando espaço e tentando o empate. Com mais posse de bola, o Corinthians também finalizou mais e viu o Grêmio se fechar bem na marcação. Insistindo até o fim, o Timão igualou o marcador já aos 40 minutos. Renato Augusto recebeu pela esquerda, puxou para o meio e mandou uma bomba no ângulo esquerdo do goleiro gremista: 1 a 1.

E O BAHIA?

Brigando pela permanência na Série A, o Bahia fez valer o mando de campo na tarde deste domingo e, na Arena Fonte Nova, venceu o Fluminense por 2 a 0, pela 37ª rodada do Brasileirão Assaí. Com o resultado, o Esquadrão de Aço chegou aos 43 pontos e deixou momentaneamente a zona de rebaixamento. Já a equipe carioca aparece na sétima colocação, com 51 pontos.

No duelo tricolor, a equipe carioca teve a chance de abrir a contagem logo no primeiro minuto de jogo em finalização de Fred. Passado o susto inicial, o Bahia colocou ordem na casa e tomou as rédeas da partida. Antes de balançar as redes, o Esquadrão de Aço teve boas chances com Gilberto, Rodriguinho e Rossi. Mas tanto a falta de pontaria quanto o goleiro do Flu impediram os gols.

Até que, aos 38, Gilberto de pênalti colocou o time da casa em vantagem. No embalo do gol, a equipe baiana seguiu pressionando e, nos acréscimos, o camisa 9 apareceu de novo. Depois de um vacilo da defesa adversária, Gilberto percebeu o arqueiro carioca adiantado e bateu por cima sem chances de defesa: 2 a 0.

Na volta do intervalo, o Fluminense foi para cima no início do segundo tempo e chegou a ter chances de chegar ao empate com Yago Felipe, Martinelli e Luiz Henrique. Do outro lado, o Bahia levou perigo com Juninho Capixaba, que parou no goleiro Marcos Felipe.

Nos minutos seguintes, o jogo esquentou. Rossi, pelo lado baiano, e Manoel, pelo lado carioca, levaram o cartão vermelho. Tentando uma pressão final, o Flu voltou a assustar com Fred e Bobadilla. Enquanto, em contra-ataque veloz, o Esquadrão por pouco não marcou mais um com Renan Guedes. No fim, o 2 a 0 prevaleceu no marcador até o último segundo.

Brigando na parte de cima da tabela, Ceará e América-MG se enfrentaram na noite deste domingo (5) e protagonizaram um empate sem gols na Arena Castelão, em duelo válido pela 37ª rodada. Com o resultado, as equipes chegaram aos 50 pontos. Enquanto Vozão aparece na nona posição, o Coelho é o oitavo colocado.

Brigando por uma vaga na pré-Libertadores, as equipes entraram em campo com a mesma pontuação. Nesse cenário o que se viu durante o primeiro tempo foi um duelo bastante equilibrado, mas de poucas chances. Aos 18 minutos, o Coelho assustou em jogada de Ademir, o camisa 10 bateu cruzado, a bola desviou na marcação e quase traiu o goleiro João Ricardo, que conseguiu se recuperar a tempo de fazer a defesa. Minutos antes do intervalo, os times chegaram com mais perigo no setor ofensivo. Fabinho teve duas chances para o Vozão, enquanto Felipe Azevedo e Patric responderam para o América. 

Depois das conversas nos vestiários, o time casa foi mais agressivo no ataque. Aos 11 minutos, Cléber teve grande oportunidade, mas viu Anderson Jesus evitar o gol quase em cima da linha. Na sequência, Lima tentou duas vezes e Matheus Cavichioli salvou o Coelho. Já na marca dos 30 minutos, Vina e Marlon também apareceram para o Vozão. Do outro lado, o time mineiro voltou a equilibrar o confronto nos minutos finais e por pouco não chegou ao triunfo em contra-ataque desperdiçado por Ademir. 

A rodada derradeira do Brasileirão acontece na próxima quinta-feira com todos os jogos ás 21h30, com definições que ficaram reservadas para os últimos momentos do campeonato.

Fonte:FI, fotos: divulgação

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Uma resposta

  1. Pingback: html sex games

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.