Publicidade

Duas feirenses representarão Brasil em evento esportivo na França

Compartilhe este Post

Duas atletas feirenses foram convocadas para compor a seleção Brasileira de Orientação Escolar. Ana Beatriz Barbosa Ferreira e Fabiana Oliveira da Hora irão representar Feira de Santana e a Bahia no Mundial de Jogos Escolares, o ISF Gymnasiade – School Summer Games 2022, que será realizado na cidade de Normandia, na França, no período de 14 a 22 de maio de 2022.

Além da modalidade orientação, contará com disputas de atletismo, ginástica artística, tênis de mesa, vôlei de praia, basquete 3×3, judô, wushu, taekwondo, wrestling, ginástica rítmica, natação e xadrez. Os estudantes deverão estar cursando o Ensino Médio e terem nascido nos anos de 2004, 2005 ou 2006.

A seletiva para a composição dos atletas que irão representar a seleção brasileira foi realizada pela Confederação Brasileira de Orientação (CBO) e pela Confederação Brasileira de Desportos Escolares (CBDE).

Ana Beatriz Barbosa Ferreira

A atleta Ana Beatriz Barbosa Ferreira é estudante do Centro Integrado de Educação Assis Chateaubriand, escola da rede pública estadual da Bahia. Foi através do Projeto Interdisciplinar Esporte Orientação desenvolvido pela escola e em parceria com a Associação Desportiva Calangos do Sertão que a jovem começou praticar o esporte.

Aos 13 anos, ainda cursando o 8º ano do Ensino Fundamental II, durante as aulas de matemática, do professor Nadson Lima, ela conheceu a modalidade esportiva e se encantou. Passou a frequentar os treinos promovidos pela Calangos do Sertão e logo foi destaque, ganhando o campeonato baiano e, no ano seguinte, em 2019, conquistando o Campeonato Brasileiro de Orientação. Hoje, a atleta é campeã do Troféu Cerrado de Orientação Percurso Sprint 2022 e vice-campeã Brasileira de Orientação 2021. No ranking brasileiro, ela está em 1º lugar da categoria.

Em entrevista a reportagem do jornal Folha do Estado, Ana Beatriz contou da emoção de ser convocada para compor a seleção brasileira. “Minha expectativa é a melhor possível, sei que vai ser bem diferente do que estou acostumada aqui, mas irei dar o meu melhor. Quando recebi a notícia que fui convocada para compor a seleção brasileira fiquei sem acreditar, o coração ficou cheio de alegria. Pois saber que todo resultado do meu esforço e do meu clube estão valendo a pena. Agora é só desfrutar dessa experiência maravilhosa que está por vim”.

Fabiana Oliveira da Hora

A atleta Fabiana Oliveira da Hora conheceu o esporte Orientação dentro do projeto de assistência social federal, promovido pelo Ministério da Defesa e realizado pelo Exército Brasileiro, implantado em Feira de Santana pelo 35° Batalhão de Infantaria que assiste crianças/adolescentes de 11 a 16 anos, estudantes das redes públicas e em situação de vulnerabilidade social.

“O PROFESP oferece para essas crianças real oportunidade de mudança de vida e novos rumos para elas através do esporte. Em parceria com a Associação Caatinga Trekkers, responsável pela Orientação de qualidade e profissional, dentro do PROFESP, foi descoberto alguns novos talentos. Fabiana Oliveira da Hora se destacou de imediato. No entanto, notou-se a fragilidade da criança e a necessidade de apoio em outras áreas, fazendo-se necessário uma assistência ampla para que ela tivesse condições de mostrar todo o potencial que tinha. Se tornando um exemplo no esporte, uma campeã “por natureza”. Hoje, campeã estadual, campeã brasileira e convocada para representar o Brasil no Mundial na França”, ressaltou Ênio Paulo Oliveira coordenador do PROFESP. 

Fabiana Oliveira falou desse momento mágico de poder representar o Brasil no Mundial de Jogos Escolares. “Eu sei que vai ser uma competição de alto nível, mas eu pretendo dar o meu melhor para manter um bom preparo físico para estar pronta para esta nova fase. Gostaria de agradecer a toda família Caatinga Trekkers pelo apoio e é claro não posso esquecer ao 35º Batalhão de Infantaria de Feira de Santana por ter me apresentado esse esporte”.

Uma das responsáveis pelo desenvolvimento do esporte de Orientação em Feira e na Bahia, a professora de ciências e coordenadora social do projeto Calangos do Sertão, Erika Telles destacou a emoção pelas conquistas das atletas feirenses. “Quando começamos o Projeto Calangos do Sertão, não pensámos que mudaria a vida de tantos adolescentes, de tantos alunos. Construímos aos poucos as oportunidades. Iniciamos com atividades lúdicas que envolvia o Esporte Orientação nas salas de aula, com o envolvimento dos professores das diversas áreas do conhecimento. O Projeto passou a ser coordenado pelos professores de Educação Física, Denize Mendonça e Nilson Mineiro, este amigo da escola, pelo professor de matemática, Nadson Lima e por mim, professora de ciências. Os demais professores da escola também acreditaram na proposta interdisciplinar e passaram a fazer parte das atividades. Com muita dificuldade, conseguimos doações para levar os alunos nas competições oficiais. Assim, a aluna Ana Beatriz, conseguiu fazer um belo currículo de atleta, participar do Bolsa Esporte do Governo do Estado e conquistar a vaga para representar todos os seus colegas diante de todo o mundo”, comentou Telles. 

Fonte – Folha do Estado

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.