Publicidade
Publicidade

MUDOU: Novas regras da Fifa para empréstimos de jogadores

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Fifa anunciou novas regras para a contratação de jogadores. A ideia é ter um maior controle do mercado europeu e evitar que clubes com grande poder financeiro contratem jogadores sem a intenção de realmente usá-los.

As mudanças já vinham sendo pensadas e estavam programadas para valer a partir de julho de 2020, mas, com a pandemia da COVID-19, a determinação foi adiada para o mesmo mês deste ano. 

  1. Os empréstimos de atletas para outros clubes  serão limitados a até um ano;
  2. Estarão proibidos os sub-empréstimos, ou seja, um clube que estiver com um jogador emprestado de outro não poderá repassá-lo a um terceiro;
  3. Nenhuma equipe poderá emprestar mais de três atletas para um único time;
  4. Nenhuma equipe poderá ter no elenco mais de três atletas emprestados de um único time;
  5. A partir da temporada 2022/2023, somente 8 atletas poderão ir ou vir como empréstimo por equipe. Na temporada 2022/2023, esse número passará a ser 7 e, a partir de julho de 2024, sera um máximo de 6 atletas. 

O objetivo da Fifa é evitar grandes quantidades de jogadores comprados para empréstimos, como ocorre no Chelsea, por exemplo, que tem 22 atletas emprestados a outros clubes, ou no Manchester United, que tem 15 profissionais nessa condição.  Sendo assim, os atletas com menos de 21 anos e os formados nas categorias de base estão livres das regras. O prazo para que as federações adotem as medidas é de três anos

Fonte: TNT Foto: divulgação

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.