Publicidade
Publicidade
Publicidade

Por arrancada, Vitória tem que quebrar tabu diante do Náutico

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Após o bater o Guarani e conquistar o terceiro triunfo na Série B, o Vitória respirou um pouco mais aliviado, embora a situação ainda seja delicada, com a equipe lutando para sair da zona do rebaixamento. E, para conseguir a tão sonhada arrancada na competição, o time de Wagner Lopes terá que pôr fim a um jejum diante do Náutico, seu próximo adversário.

Em duelos pela Série A, Série B e Copa do Nordeste, o Vitória não vence o Timbu há oito anos. Nesse período, foram seis partidas, com três derrotas e três empates.

O último duelo entre as equipes, por sinal, aconteceu no 1º turno da atual edição da Segundona. O Náutico venceu por 1 a 0, com gol de Jean Carlos. Aliás, a equipe rubro-negra tem uma dificuldade histórica contra este rival nordestino em confrontos pela Série B. Em nove jogos, o Vitória venceu apenas uma vez, no ano de 2011. Fora isso, foram quatro derrotas e três empates.

No confronto geral entre as equipes, o Náutico também leva vantagem: 15 x 14 no número de triunfos; foram oito empates. A última vez que o Vitória venceu o Timbu foi no Brasileirão de 2013, ano em que a equipe fez uma grande campanha na elite do futebol nacional. Com dois gols de Dinei, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1.

Dinei faz parte do atual elenco, porém está machucado e não atua mais nesta temporada.

Naquela edição da Série A, o Vitória terminou na 5ª colocação e venceu o Timbu duas vezes. No 1º turno, construiu um placar confortável: 3 a 0, com dois gols de Maxi Biancucchi, e outro de Edson Magal. Náutico e Vitória se enfrentam hoje, às 16h (horário de Brasília), nos Aflitos.

Fonte Globo Esporte

Foto Divulgação

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *