Publicidade
Publicidade

Fifa decide hoje o melhor jogador do mundo: Messi, Lewandowski e Salah?

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Lionel Messi, Robert Lewandowski e Mohamed Salah. Às 15h desta segunda-feira (17) de Zurique, Suíça, a Fifa nomeará um dos três jogadores como o melhor do mundo da temporada na premiação The Best.

Além dos atletas masculinos, há ainda as categorias de melhor jogadora, melhor treinador (em times masculinos e femininos), melhor goleiro e goleira, e o prêmio Puskás, para o gol mais bonito da temporada. Não há brasileiros concorrendo em nenhuma das categorias.

Dentre os finalistas da categoria masculina, está o argentino Lionel Messi, do PSG. Com seis conquistas, ele é o maior vencedor do prêmio atualmente. Já o polonês Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, é o atual vencedor. O egípcio Mohamed Salah, do Liverpool concorre pela segunda vez ao prêmio.

Já na categoria feminina concorrem ao prêmio as espanholas do Barcelona Jennifer Hermoso e Alexia Putellase a australiana do Chelsea, Sam Kerr.

Dentre os goleiros, estão no top 3 do ranking Mendy, do Chelsea, o italiano Donnarumma, do PSG, e o alemão Neuer, do Bayern de Munique. Os brasileiros Alisson e Ederson estão entre os dez melhores, mas não concorrem ao prêmio.

Dentre as goleiras mulheres, concorrem a alemã do Chelsea, Ann-Katrin, a chilena do Lyon, Christiane Endler, e a canadense do PSG, Stephanie Lynn Marie Labbé.

Para o prêmio de melhor treinador estão Pep Guardiola, do Manchester City, Thomas Tuchel, que guiou o Chelsea como vencedor da Liga dos Campeões, e Roberto Mancini, técnico responsável pela vitória da Itália pela Eurocopa.

No futebol feminino, os três treinadores concorrentes são o espanhol do Barcelona, Lluís Cortés, a inglesa técnica do Chelsea, Emma Hayes, e a holandesa Sarina Wiegman, técnica da seleção da Inglaterra.

Para o gol mais bonito da temporada, concorrem ao prêmio Puskás o gol feito argentino Erik Lamela, do Tottenham, em jogo contra o Arsenal, o gol do checo Patrik Schik, pela República Checa em jogo contra a Escócia, e o gol de bicicleta feito pelo iraniano Taremi, do Porto, contra o Chelsea.

FONTE: Exame/ FOTO (Flavio Lo Scalzo/Reuters)

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.