Publicidade
Publicidade

Bahia de Feira deverá confirmar parceria para disputar a Série D

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Bahia de Feira deverá nos próximos dias confirmar de forma oficial uma parceria com o Jacuipense para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, que começará no próximo mês de junho. O presidente do Tremendão, Jodilton Souza, confirmou entendimentos com os dirigentes do Leão do Sisal, mas a concretização só deverá acontecer após desfecho do Campeonato Baiano.

O Bahia de Feira tinha dúvidas de sua participação na Série D 2021 por inconsistências no orçamento, mas após reuniões, o clube de Feira de Santana resolveu disputar a competição nacional. Mesmo com todas as dificuldades orçamentarias, a diretoria do Tremendão decidiu fazer um esforço para a disputa do nacional. A ideia é utilizar atletas oriundos das divisões de base com outros que estão no time profissional, que podem ficar mediante ajuste salarial.

“Na verdade, a gente tem aqui um número considerável de atletas da base que tem potencial de se tornarem grandes jogadores profissionais no futuro e não queremos deixá-los parados por 6 ou 8 meses aí no CT, ou até perdê-los. Por isso, mesmo com as dificuldades, vamos fazer um esforço aí para participar da Série D que também vai ser uma grande vitrine para eles”, disse Jodilton Souza

O dirigente revelou os entendimentos com o Jacuipense, que vai disputar a Série C do Campeonato Brasileiro, para firmar a parceria. “Os dirigentes do Jacuipense têm um projeto audacioso e estão fazendo altos investimentos na equipe. Estamos negociando com eles para que alguns atletas venham para cá disputar a Série C. Já tivemos reuniões, a situação está encaminhada e nos próximos dias teremos uma definição a cerca disso”, informou.

GRUPO

O Bahia de Feira está no Grupo A-4e contará com todos os representantes baianos na competição. Desta forma Juazeirense e Atlético de Alagoinhas disputarão vaga na segunda fase diretamente com o Bahia de Feira. A primeira rodada será no dia 5 de junho.

Pensando em diminuir as distâncias que os clubes deverão viajar para disputar os jogos a CBF decidiu definir os grupos geograficamente. Levando este fator em consideração o grupo dos times baianos ficou assim: ASA de Arapiraca (AL), Atlético de Alagoinhas, Bahia de Feira, Itabaiana (SE), Juazeirense, Murici (AL), Retrô (PE) e Sergipe.

A CBF irá pagar alguns custos que os clubes terão durante a competição como passagens aéreas e rodoviárias de até 25 componentes em viagens mais diantes do que 700 km, hospedagem e alimentação em todas as partidas e as despesas com arbitragem e exames de antidoping. O regulamento não menciona premiação ou cota de participação.

Por Cristiano Alves

Foto – Ascom/BF

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *