Publicidade
Publicidade
Publicidade

F1: Verstappen vence GP dos EUA e amplia vantagem sobre Hamilton

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Max Verstappen foi o grande vitorioso do Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1, em Austin, no Texas. Vencedor da corrida deste domingo (24), o holandês da Red Bull deixou o Circuito das Américas com uma vantagem ainda maior sobre Lewis Hamilton na disputa pelo título de 2021.

Verstappen largou da pole e chegou a perder a primeira posição para Hamilton, mas levou a melhor na primeira janela de trocas de pneus. A Mercedes chegou a ensaiar uma reação com a segunda janela de trocas, mas que não foi suficiente. Sergio Perez, da Red Bull, completou o pódio.

Com a vitória no Texas, Max Verstappen chegou a 287,5 pontos no Mundial de pilotos, contra 275,5 pontos de Hamilton. O britânico ainda faturou um ponto a mais pela melhor volta, mas viu a diferença aumentar de seis para 12 pontos para o principal rival.

Em clima de faroeste americano, Lewis Hamilton e Max Verstappen batalharam do início ao fim do GP dos Estados Unidos neste domingo, mas foi o holandês quem levou a melhor no Circuito das Américas e conquistou a vitória na prova, sua oitava na Fórmula 1 em 2021.

A dupla se revezou na liderança, com direito a uma largada de tirar o fôlego na qual o britânico da Mercedes levou a melhor. Porém, a RBR superou a Mercedes na estratégia, colocando ainda Sergio Pérez no terceiro lugar da corrida texana.

A Mercedes e a RBR jogaram com duas paradas na prova; no entanto, a equipe austríaca mandou seus pilotos para os boxes na frente e garantiu a vantagem com o undercut. No último pit stop de Hamilton, a heptacampeã de construtores manteve os pneus duros; apesar de ter conseguido reduzir em 20 voltas a desvantagem de quase 9s, Hamilton não chegou a tempo de passar Verstappen.

O britânico do carro 44 ainda sofreu com a ausência de seu companheiro Valtteri Bottas, que punido com cinco posições por trocar um dos componentes do motor, se perdeu no pelotão intermediário. Do outro lado, a RBR pôde contar não apenas com Verstappen mas com Sergio Pérez, seu segundo piloto.

Além da disputa entre os líderes do campeonato, a corrida teve também a briga entre McLaren e Ferrari, que rivalizam pelo posto de terceira força do campeonato da Fórmula 1 em 2021. O certame teve direito a “sanduíche” na largada e toque nas últimas voltas, mas foi a escuderia italiana quem se saiu vencedora, colocando Charles Leclerc na quarta colocação, à frente de Daniel Ricciardo.

A vitória de Verstappen dobrou sua vantagem na liderança do campeonato de pilotos sobre Hamilton de seis para 12. O heptacampeão leva para casa, além dos 18 pontos do segundo lugar, o ponto extra da volta mais rápida. A Mercedes permanece na ponta do Mundial de Equipes com 460.5 tentos contra 437.5 da RBR.

Fonte: GE

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *