Publicidade
Publicidade

Feirenses da equipe Caatinga Trekkers se destacam na Batalha de Mutuípe

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

No último final de semana aconteceu, na cidade de Mutuípe, a grande final do Campeonato Baiano de Corrida de Aventura, intitulada de Batalha de Mutuípe. A equipe feirense Caatinga Trekkers esteve mais uma vez marcando presença na grande final.

A competição foi realizada com provas de rapel, natação, montain bike (MTB) e trekking (corrida) nas distâncias de 20km, 50km e 120km, que durou mais de 24 horas de prova contra o relógio. O Batalha de Mutuípe teve o apoio financeiro da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e da Prefeitura Municipal de Mutuípe.

O torneio foi dividido em três categorias: quarteto misto, dupla mista e dupla masculina, das cidades de Juazeiro, Lauro de Freitas, Lapão, Jacobina, Feira de Santana, Muritiba, Pé de Serra, Cachoeira, Lençóis, Morro de Chapéu e Salvador, além de equipes oriundas de outros estados, como: Alagoas, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Fortaleza, Brasília e Sergipe.

Corrida de aventura – A prática é feita em dupla ou quarteto, em ambiente natural, abrangendo várias modalidades, como: trekking (corrida), mountain bike, canoagem e técnicas verticais (trecho da prova em que os atletas devem acessar os locais por cordas, em montanha ou um precipício, através de escaladas, tirolesas, ascensões ou rapéis).

O deslocamento dos atletas é feito com o auxílio de mapas e bússola, estes, conhecem o trajeto somente no dia de competir. A duração das provas pode ser: curta (3h a 7h), corrida de 24 horas e as expedições (com mais de cinco dias). O relógio não para os competidores escolhe como administrarão o tempo para descanso e alimentação.

As equipes feirenses se destacam no esporte, desde o ano passado, onde a equipe Caatinga trekkers conquistou o Bicampeonato em todas as modalidades disputadas frutos de um trabalho de formação de atletas consistente. “Devido ao destaque da equipe por estar entre as 3 melhores do Brasil, na modalidade Orientação, isto facilita em mais assertividade na escolha das melhores rotas chegando à frente das demais equipes”, disse o atleta Eric de Jesus.

Fonte – Jornal Folha do Estado

Foto – Divulgação

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *