Publicidade
Publicidade
Publicidade

Feira volta a ser o grande centro do Tênis de Mesa na Bahia

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O ex-mesatenista feirense Leandro Lopes é o novo presidente da Federação Baiana de Tênis de Mesa (FBTM), que depois de imbróglio judicial que levou à sua desfiliação junto à Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) volta a ter representatividade no cenário esportivo. O objetivo inicial do novo gestor é implementar ações que visam o desenvolvimento da modalidade no interior e capital para que o Estado volte a revelar atletas a nível nacional e internacional.

Lopes foi um dos atletas revelados em uma época que Feira de Santana tinha grande pujança, sendo um dos principais polos do Tênis de Mesa do Estado, concentrando as principais competições baianas e revelando diversos mesatenistas que representaram a Bahia em vários eventos esportivos. Entretanto  por conta de um imbróglio que inclusive ganhou as barras da Justiça a FBTM acabou desfiliada entre os anos 2015 e 2016 por conta de ações de improbidade administrativa e desde então o Estado não contava com representação oficial, situação que acabou no último final de semana com a eleição de uma nova diretoria referendada pela CBTM que refiliou a entidade estadual sediada em Feira de Santana.

Leandro Lopes é o presidente Edjailson Arruda de Lima é o secretário e Josemir de Lima Marques será o tesoureiro da FTMB. O Conselho Fiscal é composto por Luiz Carlos de Oliveira Santos, Thiago Firmino de Lima e Adriano Cunha Aranda, com Mauricio Moreira Calhau, Francisco Jose Suzarte Amorim e Jadson Ferreira de Almeida como suplentes.

O presidente da CBTM, Alaor Azevedo, fez questão de ressaltar a importância do Estado para a modalidade. “É uma Federação fundada por um grupo de atletas e treinadores que estão há muitos anos no tênis de mesa. Alguns já foram dirigentes e trazem uma experiência muito grande. A Bahia é o maior estado do Nordeste e os mesa-tenistas do estado mereciam uma entidade representativa dentro dos parâmetros de transparência e gestão que o esporte exige. Pretendemos voltar a realizar grandes eventos no estado e vamos trabalhar para implantar um polo de desenvolvimento regional imediatamente. “A Bahia voltará a ter papel de destaque”, disse o dirigente.

RESPONSABILIDADE

Leandro Lopes (foto) acredita ser uma grande responsabilidade dirigir a FBTM. : “Estávamos há alguns anos sem representatividade legal no estado, o que fazia com que os atletas ficassem impedidos de jogar nas competições nacionais. Era algo muito desmotivante, estávamos perdendo atletas. É um momento de alegria. Vamos seguir trabalhando para que isso jamais aconteça novamente”, afirmou o dirigente.

Leandro Lopes já tem planos para os próximos meses: “Vamos buscar fazer campeonatos regulares, voltar a ter calendário. Estamos nos reunindo com alguns empresários para buscar patrocínios. Em médio prazo, faremos visitas ao interior do estado. Temos mapeadas algumas cidades que têm tênis de mesa, mas que ainda não estão registrados. Vamos apresentar propostas para as Prefeituras destes municípios. Queremos voltar a sediar eventos nacionais. Salvador foi a primeira capital do Brasil, as pessoas gostam de vir para a Bahia”, afirmou.

Por Cristiano Alves com informações da CBTM

Fotos – Divulgação

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *