Publicidade

Campeão nacional feirense mira estar entre os 10 melhores do mundo no Tiro Esportivo

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Tiro Esportivo ainda é uma modalidade um tanto quanto escondida – em termos de divulgação – mas em Feira de Santana, cerca de 5 mil pessoas praticam de forma regular e a cidade possui um atleta de alto rendimento, campeão brasileiro e que no momento está entre os 30 melhores do mundo: Álvaro Ferreira dos Santo Neto. Ele tem como grande objetivo chegar entre os 10 melhores atiradores esportivos do mundo.

Álvaro Neto conta que tudo começou a quase 30 anos e paixão pelo esporte foi herdada do seu pai. “Ainda não é tão difundida a prática, mas hoje podemos dizer que o Tiro está em franca evolução e a prova disso é que a cidade hoje possui quatro clubes de tiro e somando o número de associados dos quatro, podemos dizer que hoje cinco mil pessoas aproximadamente praticam o tiro esportivo, o que não deixa de ser um número considerável”, analisou o atleta, que preside o Clube I.P.S.C Carcarás.

O clube foi fundado em 2011, a partir de uma ideia de Wamberto Cosme Lyrio, pai de Álvaro. Eles convidaram amigos e principalmente os admiradores do Tiro Esportivo para fazerem parte do clube, que ao longo do tempo se consolidou. “Quando as pessoas ouvem falar em arma, logo associam à violência, mas a nossa ideia é provar que não existe nada disso e o Tiro é algo inclusive que pode unir famílias. Não existe espaço para coisas ruins”, diz Álvaro.

REQUISITOS

Antes de qualquer coisa, para uma pessoa se tornar praticante do Tiro Esportivo é necessário ser ter idoneidade comprovada, não possuir antecedentes criminais, estar sem qualquer tipo de pendência judicial. A documentação passa pelas esferas militares, mas o postulante à prática ainda terá que ser submetido a um curso prático que avaliará as condições de habilitação ou não para o esporte. “Além de tudo ainda a pessoa passa por um psico-teste  e somente então é que estará pronta. Somos cuidadosos e no curso que ministramos, claro, tem a parte prática, mas falamos também da legislação, o que pode, o que não pode, a forma de se conduzir para que possamos formar bom atleta não só do ponto de vista técnico, mas do ponto de vista consciente também”, afirmou Álvaro que além de atleta é instrutor.

Os atletas acabam dividindo o seu tem entre treinos e competições que acontecem em escala crescente à medida que o atleta vai evoluindo no esporte. “Um atleta como eu, por exemplo tem um calendário cheio com competições dentro e fora da Bahia. Estou em plena disputa do Campeonato Brasileiro que ainda tem mais duas etapas pela frente: uma em Recife/PE e a outra em Campo Grande/MS. A disputa tem muito equilíbrio, mas estou lutando para trazer mais uma conquista para Feira no campo do Tiro Esportivo”, afirmou Álvaro Neto.

Aos 42 anos, o atleta segue firme na prática esportiva e ainda tem muitos objetivos que deseja cumprir. “Já obtive conquistas estaduais e nacionais e logicamente busco me aperfeiçoar cada vez mais. Hoje estou no grupo dos 25 melhores do mundo, o caminho não é fácil, mas o meu sonho é chegar entre os 10 melhores do mundo”, garante Álvaro Neto.

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.