Publicidade

CBF passa a divulgar áudios e imagens das revisões do VAR no Brasileirão

Compartilhe este Post

A partir da última sexta-feira (5), a CBF passará a divulgar para fins didáticos os áudios das revisões realizadas pelo árbitro de vídeo (VAR)nos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro.

A novidade estreiou com a publicação dos áudios e imagens do árbitro de vídeo nos jogos válidos pela 29ª rodada do Brasileirão, disputada nos dias 30 e 31 de outubro e 1º de novembro, assim como das duas partidas remarcadas que foram disputadas nesta semana: Athletico Paranaense x Flamengo, no dia 2 de novembro, e Atlético-MG x Grêmio, no dia 3. 

A medida visa permitir que os clubes, torcedores e a imprensa possam conhecer detalhadamente o funcionamento do árbitro de vídeo, bem como dar maior transparência às decisões tomadas com o auxílio da ferramenta.

A publicação do material se repetirá nas nove rodadas restantes e nos jogos remarcados do campeonato. As análises do VAR devem estar disponíveis no site da CBF da seguinte forma: lances das rodadas do fim de semana serão divulgadas na segunda-feira posterior. Já os jogos realizados de segunda a sexta-feira serão divulgados em um período de até 24h após seu encerramento.  Todas as revisões estarão disponíveis no endereço “Análise do VAR”, no site da CBF.

O Presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues, frisou que a publicização do conteúdo vem para agregar mais valor e transparência ao futebol brasileiro, atendendo a uma demanda da comunidade do futebol

“Espero que essa medida reduza qualquer tipo de ruído ou de desconfiança quanto à atuação dos árbitros. Queremos que a arbitragem tenha um ambiente saudável, seguro e de respeito para trabalhar e entendo que a transparência no tratamento dessas situação irá colaborar para a compreensão do seu trabalho por parte do público. Creio que estamos dando um grande passo para melhoria da arbitragem”, destacou ele.

É necessário ressaltar que serão divulgadas, na íntegra, as imagens e áudios das revisões realizadas pelo VAR, ou seja, lances em que o árbitro vai até a cabine de revisão ou quando há uma revisão factual com mudança da decisão de campo. Além dessas, durante uma partida a equipe na sala de operação do VAR realiza dezenas de checagens, a maioria delas de forma silenciosa (sem precisar comunicar o árbitro de campo). Por fins de objetividade, portanto, apenas as revisões serão disponibilizadas.

Outra medida que passou a ser adotada é a divulgação dos relatórios preparados pela Ouvidoria de Arbitragem, a partir das reclamações formais encaminhadas pelos clubes. As análises técnicas preparadas pelo ouvidor Manoel Serapião Filho serão publicadas no site da CBF após seu envio ao clube que demandou.

“É fundamental que o torcedor tenha acesso a essa avaliação feita por um profissional experiente, que tenha vivido essas situações em campo. Isso irá elucidar lances que, inúmeras vezes, geram reclamação dos clubes e torcedores por desconhecimento da regra”, avalia Ednaldo Rodrigues.

Fonte foto: CBF

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.