Publicidade
Publicidade

Feirense conquista título mundial de MMA na França

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O lutador feirense Dan Suzart, escreveu mais um capítulo importante na trajetória vitoriosa no MMA profissional. O atleta da equipe LIFE MMA, no último dia 3 conquistou de forma contundente o primeiro título de campeão mundial da categoria peso pesado da terceira edição do Ares Fighting Championship, realizado em Paris, na França.

Evento este que contou com a presença vip do ex-campeão interino peso pesado do UFC (até 120 kg), Ciryl Gane. Além da ministra de Esportes da França, Roxana Maracineanu, peça fundamental na luta pela legalização do esporte no país.

Mesmo tendo como adversário um multi campeão europeu o atleta da Bósnia, Bejamin Sehic, o lutador feirense Dan Suzart, mostrou porque é um dos grandes nomes da categoria do Brasil. Focado e com muita determinação, Dan Suzart mostrou mais uma vez sua qualidade e potencial para representar a Bahia e o Brasil. A exibição do campeão peso pesado impressionou o chefe da organização, Fernand Lopez.

A LUTA

O novo campeão do peso pesado do Ares Fighting Championship foi definido após cinco rounds. Oriundo do jiu-jitsu, o atleta Bejamin Sehic buscou o tempo inteiro o jogo de chão na zona de conforto, porém já conhecendo a estratégia do seu adversário, o lutador feirense Dan Suzart também mostrou que não brinca quando o assunto é luta de solo. O baiano conseguiu sair de todas as invertidas de luta agarrada por parte de Bejamin Sehic, que tomou um verdadeiro atraso na luta em pé.

Com um boxe afiado, Dan Suzart conseguiu impor um ritmo forte e castigou o oponente. O nocaute não veio, mas depois de cinco rounds intensos, por decisão unânime Dan Suzart foi declarado vencedor do combate. Conquistando assim o primeiro título internacional.

Em entrevista a equipe de reportagem do jornal Folha do Estado, o atleta da LIFE MMA, Dan Suzart falou a respeito do duelo. “Com relação ao meu adversário já era esperado o jogo de chão, o mesmo tentou me chamar para guarda várias vezes. Como também sou do jiu-jitsu, consegui sair de três armlocks aplicados por ele. Ele também pegou minhas costas e eu consegui sair também. Em pé eu dominei o tempo todo, contudo meu jiu-jitsu foi essencial para eu sair das suas investidas. Graças a Deus no final deu tudo certo e consegui o cinturão para minha cidade, a Bahia e o Brasil”, disse.

Perguntado qual a sensação de conquistar um título tão importante e ainda mais contra o adversário qualificado, Dan Suzart foi objetivo. “Sem dúvida estou muito realizado, meu trabalho enfim começará a ser notado, principalmente para muitos que disseram que eu não teria chão para um multi campeão europeu, até campeão do Abu Dhabi Combat Club Submission Wrestling World Championship (ADCC). Eu luto MMA irmão, não é jiu-jitsu. Bahia é muro na cabeça”, ressaltou.

O atleta agora descansa e aguarda novos desafios para seguir avançando MMA

Por Cristiano Alves e Sidnei Campos

Foto – Divulgação

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.