Publicidade

Tradicionais Flu e Galicia duelam pela primeira vez na Segundona da Bahia

Compartilhe este Post

Não há dúvida de que Fluminense de Feira e Galícia farão o jogo das duas equipes mais tradicionais da Bahia, que disputam a 2ª divisão em 2022. O duelo que acontece hoje no Estádio Joia da Princesa reúne duas equipes de grande importância no cenário esportivo, que juntas somam 10 títulos estaduais em uma história de mais 60 anos. Apesar de tanta tradição e diversas controvérsias este duelo será pela primeira vez disputado na Segundona.
O Galícia tem em seu cartel oito títulos estaduais, sendo cinco conquistas da Série A e três da Série B. Falando da 2ª divisão especificamente, o Demolidor de Campeões levantou o seu último caneco em 2013, justamente ano em que o Fluminense fora rebaixado, depois de uma campanha fatídica na Série A. O Touro só voltaria a elite três anos depois, em 2016, e logo no ano seguinte em 2017, o Granadeiro foi rebaixado e desde então tenta voltar a elite estadual.
Justamente este é o primeiro encontro entre os dois clubes na Série B porque nas três edições que o Flu disputou o Galícia estava na elite. Em 1999, quando o Fluminense disputou pela primeira vez a 2ª divisão foi vice-campeão e como a competição não tinha uma segunda vaga direta para a 1ª – já que o Colo-Colo foi o campeão – o time teve que disputar uma repescagem contra o Galícia que naquele ano foi o penúltimo colocado na Série A. O Touro se deu melhor e ficou com a vaga voltando a elite estadual em 2000.
Fluminense de Feira e Galícia já decidiram um Campeonato Baiano: foi em 1968, quando o Granadeiro conquistou seu último título estadual, há exatos 54 anos. Um ano depois, o Touro do Sertão levantou o seu último título baiano em 1969 e nomes que foram campeões naquele ano, um ano antes disputaram a decisão contra os galicianos e foram vice-campeões: Ubaldo, Sapatão, Nico, Merrinho, Mário Braga e Delorme estiveram naquela final. O time que foi vice-campeão diante do Galícia tinha a seguinte formação: Mundinho; Ubaldo, Sapatão, Mario Braga e Nico; Chinezinho e Merrinho; Messias (Veraldo), Pinheirinho, Delorme e Noel.
Ao todo foram contabilizados até agora 44 confrontos oficiais com 18 vitórias do Touro do Sertão, 17 empates e 9 vitórias do Galícia. O Fluminense marcou 43 gols, sofreu 22 e tem um saldo de 21 gols positivos.
O último confronto entre as duas equipes aconteceu no Campeonato Baiano de 2017, no dia 14 de janeiro, e o Touro jogando no Estádio Metropolitano de Pituaçu não tomou conhecimento e goleou por 4 x 1 com gols de Jorge Wagner, Janeudo, Fernando Sobral e Luiz Paulo, enquanto Willian fez o gol galiciano. Naquele ano, o Touro que era comandando tecnicamente por Arnaldo Lira foi o terceiro colocado na classificação geral do Campeonato Baiano.

Por Cristiano Alves

Foto – Cristiano Alves

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.