Publicidade

Souza conclui curso e agora é treinador de futebol

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O ex-atacante Souza, que no passado formou uma das duplas de ataque de destaque no Fluminense de Feira ao lado de Nino, é o mais novo treinador credenciado a entrar no mercado da bola. Ele concluiu o curso da Confederação Brasileira de Futebol e obteve a Licença B da CBF Academy.

Souza “pendurou as chuteiras” em 2015 e desde então ele trabalhava para concretizar esse sonho de estar à margem do campo passando seus conhecimentos adquirido ao longo da carreira, que começou um pouco tardia, porém for marcante “Fiz um planejamento de carreira, depois de muitos anos com dificuldade venho cumprindo à risca. Agora em 2021 conseguir realizar e concluir curso da CBF Academy Licença B, tornando-se capacitado para ocupar o cargo de treinador de futebol. Cumpri todos requisitos que a CBF Academy exigiu, hoje estou regularizado e capacitado para a profissão. Sabemos que o futebol está em uma evolução constante, e quem pretende fazer parte desse mundo fantástico que é o futebol, é preciso se qualificar. Confesso que agregou muito pois abriu meu campo de visão em todos setores do futebol, bastante conteúdo e conhecimento adquirido”, relatou.

Souza Baiano também falou do período dedicado a qualificação. “Foram 210 horas no total. Sendo 150 horas de disciplinas teórico-práticas, 20 horas de estudos especiais e tutorias e para finalizar 40 horas de acompanhamento e observação de treinamento. Inclusive a meu acompanhamento e observação de treinamento (AOT), foi realizado no clube que amo e tenho gratidão o nosso querido Touro de Sertão. No mês de agosto de 2021, realizei as aulas práticas na cidade de Recife no Clube de Futebol Retrô, uma semana incrível, experiência única. As dificuldades foram grandes, mas eu nunca fui de olhar para os obstáculos, mas sim nos objetivos traçados”, explicou.

O ex-atleta relatou sobre as dificuldades para retirar a Licença B da CBF Academy. “O curso foi um investimento altíssimo, ainda mais pelo momento que estávamos passando com o início da pandemia em 2020. Agradeço a Deus primeiramente e depois aos meus familiares: minha mãe, meus irmãos, minha cunhada e meu tio e ao meu amigo Enock Mascarenhas, que apoiou e motivou bastante”.

Com relação ao futuro, Souza acredita que com a experiência adquirida na CBF Academy vai poder contribuir com a evolução de outros atletas principalmente os oriundos do seu projeto de base Centro de Treinamento Souza 9. “O curso da CBF Academy só fez potencializar o que acredito sobre futebol. Tive 10 anos como atleta profissional e agora com a parte teórica, acredito que tenho grandes possibilidades de sucesso como técnico de futebol. A profissão de treinador de futebol exige muito, mas todos que convivem comigo e compartilham meu ambiente de trabalho, sabem que minha entrega é total, para que as coisas aconteçam dentro e fora de campo. Passei muita dificuldade como atleta, e hoje tenho como minimizar um pouco o sofrimento dos atletas que passam na minha mão. Tenho uma ideia de jogo, vou resumir, gosto que as equipes que eu comando seja protagonista. O futebol hoje é fundamental a parte tática, mas vou ser bastante sincero gosto do atleta que joga com alegria, fazendo seu jogo, é a essência do futebol brasileiro”, ressaltou.

“Finalizando aconselho a todos ex-atletas que almejam continuar dentro do futebol a se qualificar pois o futebol está em uma evolução constante. Aqueles que queiram observar o nosso trabalho, é só entrar no instagram ct.s9 ou no site, encontrará tudo que penso sobre futebol. Tem meu site profissional e minha página no Instagram (@souzaboficial). Obrigado a equipe de esportes do jornal Folha do Estado, pela oportunidade desse bate papo. Termino com a frase “sonhe ouse a sonhar”. 

Por Cristiano Alves com informações de Sidnei Campos/FE

Foto – Divulgação

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.