Publicidade
Publicidade

QUANTOS ?: Campeonatos estaduais paralisados por conta da pandemia.

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um ano depois do início da pandemia do coronavírus no Brasil, o país vive o seu momento mais delicado. Não é a toa que alguns estados estão entrando em lockdown. Até o momento, a bola parou de rolar para nove campeonatos pelo Brasil

Como o futebol não é considerado uma atividade essencial, campeonatos estaduais estão sendo paralisados após decretos dos governadores. Esta lista deve aumentar nos próximos dias, já que muitos estados estão avaliando decretar o lockdown.

Candango – Até o dia 30 de março
Capixaba – Até o dia 1º de abril
Catarinense – Ficou parado por 15 dias. Voltou no dia 19 de março
Cearense – Até dia 28 de março
Goiano – Até o dia 1º de abril
Mineiro – Indefinido
Paraense – Indefinido
Potiguar – Até 2 de abril
Tocantinense – Até o dia 30 de março

Nesta terça-feira (23)  o governador da Bahia, Rui Costa (PT), confirmou que não deve pedir a suspensão do Campeonato Baiano para frear a disseminação da Covid-19. A informação foi confirmada, durante o Papo Correria.

“No nosso entendimento, os atletas estão confinados. Vão e voltam no ônibus, confinados. Não tem torcida, não gera aglomeração nem dentro nem fora do estádio. Ao contrário, eu diria que o jogo, na medida em que os bares não estão funcionando, as pessoas estão em suas casas. Serve como descontração e lazer. Seja para ficar alegre. Ou para sofrer, então serve para você ficar alegre ou passar raiva. Mas ele não gera aglomeração e, por isso, decidimos por não tomar medidas de fechamento e paralisação do esporte”, disse Rui Costa.

Na última semana, o secretário de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), Davidson Magalhães (PCdoB), já havia indicado que o governo estadual não devia pedir a suspensão da competição estadual. Com exceção do Vitória da Conquista, os clubes que disputam o baianão se posicionam contrários a uma eventual paralisação.

Fonte: BN/FI Foto: Marcelo oliveira

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *