Publicidade
Publicidade

Grêmio aposta em “noites de sono” para reforçar time

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Grêmio perdeu para o Bahia em sua última partida dos titulares antes do jogo de volta da semifinal da Libertadores contra o Flamengo, na próxima quarta-feira (23). E após o duelo, a justificativa para o rendimento aquém do esperado foi o cansaço. Por isso, a “operação Libertadores” teve início e será pautada pelo descanso.

Evitar a fadiga é o principal objetivo do Grêmio. Por isso, a direção fretou voo e a delegação partiu ontem (17) para Fortaleza, onde está marcada a partida do próximo sábado pela 27ª rodada do Brasileiro. Nenhum titular estará em campo.

Tudo para lutar contra qualquer reflexo negativo que o esforço possa ter. Depois da derrota para o Bahia, jogadores reclamaram de “perna pesada” e o técnico Renato Gaúcho teve que se desdobrar para manter uma equipe aceitável, sob a ótica do rendimento atlético, em campo.

Por isso, a ideia é reverter o quadro. A “operação Libertadores” vai controlar o sono, a alimentação, o desgaste e manter o grupo em uma semana de reclusão total até o enfrentamento que vale vaga na decisão.

O Grêmio empatou em 1 a 1 com Flamengo o jogo de ida da semifinal da Libertadores. Para decidir a competição continental precisa vencer ou empatar desde que marque dois ou mais gols (2 a 2, 3 a 3, 4 a 4…). Ao Fla basta vencer ou empatar em 0 a 0. Uma nova igualdade em 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Com informações do Uol Esportes

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *