Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copa do Mundo coloca Sociedade no circuito dos grandes eventos internacionais

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma das grandes marcas que a Rádio Sociedade News FM ostenta é a de ser a única emissora do interior da Bahia a estar presente em 10 Copas do Mundo, sendo que destas, nove foram com transmissões diretas dos jogos. Diversos profissionais feirenses tiveram oportunidade de participar do maior evento de futebol do mundo e além disso acompanhar a Seleção Brasileira em excursões internacionais por vários países de todos os continentes. Uma história que começou a 40 anos, como bem lembra o jornalista e advogado Dilson Barbosa, que sempre esteve à frente da organização destas coberturas de grande magnitude pela emissora e relatou isso ao Diplomatas News, no  no quadro “Feira de Santana – suas revelações e suas histórias”

Numa excursão internacional, onde acompanhou o Brasil em um jogo contra o Chile em Santiago, Dilson Barbosa conversava com o experiente locutor esportivo Nilton Nogueira e falava da vontade de levar a Rádio Sociedade de Feira a uma Copa do Mundo. “Naquele tempo, viajávamos no mesmo avião da Seleção e estava conversando com o Nogueira, o saudoso Armando Oliveira estava também e de repente Nogueira disse “venha comigo que vou lhe apresentar a pessoa certa para você concretizar esta vontade’. Ele me apresentou ao renomado Ivan Lima da Rádio Jornal do Comércio que prometeu bater um papo comigo ainda em Santiago a respeito disso”, lembra Barbosa.

Um jantar na capital chilena foi o suficiente para começarem os entendimentos para que a “Pioneira” então marcasse presença um ano depois na Copa da Espanha. Barbosa então conversou com Ivan Lima e lembra de ter se assustado ao final do papo. “Ivan Lima olhou para mim e disse de forma certeira ‘a sua rádio vai para a Copa da Espanha no ano que vem’. Quase eu caí para trás, mas ainda retruquei. ‘pera aí, seu Ivan! As coisas não são assim! Tenho que voltar a minha cidade, conversar com o superintendente para ver se teremos ou não condições’. Ele não pestanejou e disse ‘lá pra quarta-feira eu vou a Feira de Santana para a gente fechar o negócio”, contou.

O jogo do Brasil com o Chile foi no domingo e no dia seguinte, aconteceu o retorno de Santiago. Dilson Barbosa lembra que não levou muito a sério a conversa com Ivan Lima, tanto que nem chegou a procurar o Frei Orlando Bitencourt – superintendente da emissora à época – para tratar do assunto. “Era uma quarta-feira, eu estava na emissora e parou um táxi na porta. Foi quando Dona Marinal (mãe do radialista Framário Mendes) me chama ‘Dilson, tem um senhor chamado Ivan Lima que está a sua procura e disse que você sabe do que se trata’. Tomei um susto ‘esse cara é doido’, pensei e fui lá falar com ele ‘mas Ivan como é que você vem assim? Eu nem conversei com Frei Orlando! E agora? Ai ele vira e diz ‘você pensou que era brincadeira? E agora vamos conversar com o Frei Orlando”, recorda

DO FREI ORLANDO AO PREFEITO

Quando Frei Orlando Bitencourt chegou, Dilson Barbosa apresentou Ivan Lima, que foi direto ao ponto ao fazer uma proposta para que a Rádio Sociedade comprasse junto com a Rádio Jornal do Comércio os direitos de transmissão da Copa da Espanha. Na época para fechar o negócio era necessário se desembolsar US$ 55 mil. Barbosa lembra que Frei Orlando ficou perplexo com os valores. “Frei Orlando disse ‘é muito dinheiro, não tem como a gente fazer’. Ivan Lima então perguntou ‘cadê o prefeito? E os empresários dessa cidade? Estamos falando de uma Copa do Mundo’. Tentamos então marcar uma conversar com o prefeito Colbert Martins (pai), sem sucesso. Porém o Ivan insistiu para que fôssemos à prefeitura e fomos eu, ele e o Frei Orlando falar com o prefeito”, conta Dilson Barbosa.

Na prefeitura os três expuseram a ideia ao prefeito Colbert Martins, que acabou por entender que era importante para a cidade a sua principal emissora de rádio estar presente na Copa da Espanha e o apoio do Município foi a porta de entrada para que outros apoios viessem doravante e a cobertura do Mundial fosse então concretizada.

ENFIM A COPA

De Feira de Santana foram para esta Copa: João Cruz (engenheiro de som); Dilton Coutinho (repórter); Itajay Pedra Branca (narrador); Dorival Oliveira (comentarista) e Dilson Barbosa que em principio iria como comentarista, mas acabou sendo narrador. “Da Rádio Sociedade seriam seis pessoas, no caso o técnico e mais cinco profissionais, mas houve um desfalque porque o Osvaldo Júnior que seria o outro narrador, inclusive já contratado em cima da hora ficou impossibilitado de ir e aí eu tive que assumir o posto para não acontecer desfalque. Graças a Deus foi um sucesso: na época foi uma grande repercussão porque a partir dali nós passamos a marcar presença em outras competições como Copas América, Eliminatórias da Copa, excursões internacionais e outros tantos eventos e acontecimentos esportivos como as Olimpíadas e o esporte assim se consolidava como um dos pilares da Rádio Sociedade”, afirmou Dilson Barbosa.

Por Cristiano Alves

Foto – Bom Dia Feira

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *