Publicidade

Educador físico feirense comanda análise de desempenho de time da primeira divisão

Compartilhe este Post

Feira de Santana segue sendo um celeiro de grandes nomes no esporte. No futebol grandes craques saíram dos ‘campinhos’ da cidade, foram revelados nos clubes do município ou conquistaram destaque atuando na Princesa do Sertão. Mas, Feira de Santana não está somente produzindo grandes jogadores, como também tem muitos talentos em outros departamentos do esporte. É o caso de Gabriel Eloi Oliveira de apenas 27 anos, analista de desempenho, que acaba de fechar com o Goiás Esporte Clube.

Gabriel Eloi decidiu não apenas entrar para o universo esportivo como optou por se dedicar ao estudo do esporte. O aprimoramento e estudo do futebol tem sido uma das grandes exigências do mercado e o que tem feito grandes clubes buscarem principalmente treinadores de fora do país. E foi justamente no berço que se tornou referência na formação de profissionais do futebol que o feirense Gabriel foi buscar aperfeiçoamento.

“Sou formado em Educação Física pela UEFS, com intercâmbio internacional na Universidade de Coimbra, Portugal, onde iniciei no futebol como estagiário na categoria sub-15 da Académica de Coimbra. No retorno ao Brasil, em 2015, ingressei como estagiário de preparação física na categoria sub-15 do FSA Esporte Clube, onde também fui treinador do sub-13 e pude criar o Departamento de Análise em conjunto com o coordenador Jaderson Barbosa, com objetivo de qualificar e evoluir o desenvolvimento dos atletas do projeto”, contou.

Em 2016, Gabriel teve a oportunidade de trabalhar no Feirense, no FSA e realizar estágio no Vasco da Gama. “Fui auxiliar de preparação física e analista de desempenho no Feirense Futebol Clube, que disputou a primeira divisão do campeonato baiano, ficando apenas 1 mês e meio, e logo retornando ao FSA. Em 2016 ainda tive a oportunidade de estagiar por uma semana no CIA (Centro de Inteligência e Análise) do Vasco da Gama”, disse.

O analista de desempenho teve passagem pelos dois maiores rivais do Campeonato Baiano, Bahia e Vitória, mas foi no rubro-negro baiano onde permaneceu por mais tempo. “Através de processo seletivo, em 2017 ingressei como analista de desempenho da categoria sub-20 do Esporte Clube Bahia, onde fiquei até a Copa São Paulo 2018, em seguida sendo convidado a me juntar à categoria profissional do Esporte Clube Vitória, onde fiquei até fevereiro de 2022”, relatou.

Com uma vasta experiência, um currículo impecável e uma boa relação construída com o treinador Bruno Pivetti (ambos trabalharam juntos no Vitória), o feirense acabou conquistando a oportunidade de trabalhar com o Goiás que fez recentemente uma bela escalada e conquistou o acesso à Série A do Brasileirão. “Ao fim, fui convidado por Bruno Pivetti, treinador que trabalhei no Vitória (tendo a oportunidade de ser seu auxiliar, fazendo dupla função), e por Paulo Autuori, a me juntar em um projeto ambicioso na categoria profissional do Goiás Esporte Clube, para estruturar o Departamento de Análise, em conjunto com o excelente profissional Rodolpho, analista do clube”.

Gabriel segue se qualificando dentro da análise de desempenho. “Como acredito em formação continuada, após o término da faculdade, concluí os cursos de Análise de Desempenho nas categorias de base (2017) e na categoria profissional (2019), ambos pela CBF Academy. Atualmente, estou concluindo o Curso de Análise Tática Avançada pela Barça Universitas (Espanha), e sou Pós-Graduando em Gestão Esportiva pela Faculdade 2 de Julho, Salvador. A minha função enquanto analista na comissão técnica, é estudar o jogo para análise e observação dos comportamentos individuais e coletivos a partir de duas frentes, que são a equipe (treino e jogo) e os adversários, levantando informações relevantes e filtradas para a comissão técnica, e assim contribuindo para o desenvolvimento da equipe e a elaboração de estratégias jogo a jogo”, finalizou.

Gabriel Eloi já trabalhou na partida do Goiás contra o Sousa-PB na última terça-feira (1), pela Copa do Brasil. Na oportunidade a equipe esmeraldina empatou em 1 a 1, e garantiu vaga para a segunda fase da competição. 

Por Sidnei Campos e Cristiano Alves

Foto – Divulgação

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.