Publicidade
Publicidade

Bahia de Feira busca vaga no Nordestão para quebrar tabu de 12 anos

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Depois de uma campanha mediana na Série D do Campeonato Brasileiro, o Bahia de Feira tem mais uma competição nacional pela frente: a Copa do Nordeste, em sua fase preliminar, onde aos candidatos se enfrentam em jogo único em buscar de avançar e chegar a fase de grupos em 2022. O primeiro adversário será o Itabaiana, em partida que acontece hoje no Estádio Etelvino Mendonça em Itabaiana/SE.


Esse será o último desafio do Tremendão na temporada 2021, marcada pelo vice-campeonato baiano e uma campanha média na Série D, onde sequer passou da primeira fase da competição. Com o aumento no número de clubes para a Copa do Nordeste do próximo ano surgiram três vagas para a disputa na Pré-Copa do Nordeste para o Estado da Bahia, contemplando as três equipes de melhor campanha, fora o campeão estadual Atlético de Alagoinhas, que ganhou vaga direta na fase de grupos, assim como o Bahia, atual campeão da Copa do Nordeste, que já tem participação direta confirmada.


O Bahia de Feira e outros 15 times começam a disputa para chegar a fase de grupos. Nesta fase, serão 16 times distribuídos em oito jogos (apenas ida), sendo disputados na casa das equipes melhor ranqueadas. Os times melhor ranqueados vão ter o direito de disputar os confrontos dentro de casa. Lembrando que esta primeira preliminar é decidida em jogo único. Após esta primeira preliminar, os classificados vão para o segundo mata-mata, encontrar os times já garantidos nele, que são: ABC (Rio Grande do Norte), América-RN (Rio Grande do Norte), Botafogo-PB (Paraíba), Confiança (Sergipe), CRB (Alagoas), Ferroviário (Ceará), Santa Cruz (Pernambuco) e Vitória (Bahia). Neste caso, as equipes que estão nesta segunda fase vão jogar em casa diante dos classificados na etapa anterior. Esta fase também é disputada em jogo único.


Já a terceira fase vai acontecer apenas com os oito classificados da segunda. Agora em partidas de ida e volta, esta etapa será realizada entre os dias 27 e 28 de outubro (ida), e 3 e 4 de novembro (volta). Quatro duelos definirão os quatro clubes que se juntarão a CSA (Alagoas), Bahia e Atlético de Alagoinhas (Bahia), Ceará e Fortaleza (Ceará), Sampaio Corrêa (Maranhão), Campinense (Paraíba), Náutico e Sport (Pernambuco), Altos (Piauí), Globo FC (Rio Grande do Norte) e Sergipe, todos já garantidos na fase de grupos. Em 2022, a Copa do Nordeste vai contar com 36 equipes ao todo. É o maior número em todas as 19 edições do regional. A fase de grupos, que acontece no ano que vem, vai ser disputada no primeiro semestre com 16 times distribuídos em duas chaves como oito, um formato que já acontece há alguns anos.

TABU
A última vez que uma equipe feirense disputou a Copa do Nordeste foi o Fluminense em 2010, quando a competição time outro formato. De lá para cá são 12 anos sem participações em fase de grupos e o Bahia de Feira tenta quebrar esta escrita e o primeiro adversário será um time conhecido que o Tremendão já enfrentou na Série D est ano por duas vezes e o equilibro imperou com um triunfo para cada time. No jogo da Arena Cajueiro o Itabaiana venceu por 1 x 0, porém em Itabaiana, no Estádio Etelvino Mendonça, o Bahia de Feira levou a melhor e venceu por 2 x 1.
Quem vencer durante os 90 minutos a partida fica na competição e em caso de empate o classificado será conhecido por cobrança de penalidades máximas. Quem passar enfrentará o Vitória na próxima fase da competição.

Por Cristiano Alves

Foto – Divulgação

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *