Publicidade
Publicidade
Publicidade

Prefeitura avaliza Bahia x Atlético/MG no Joia da Princesa

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O jogo entre Bahia e Atlético/MG pela Copa do Brasil será realizado na próxima quarta-feira (4) às 21h30min no Estádio Joia da Princesa. Representantes do Bahia, Federação Bahiana de Futebol (FBF) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) entraram em contato com a Prefeitura Municipal de Feira de Santana para oficializar a praça esportiva como mando de campo do duelo que será o segundo da fase de oitavas de final da competição. O primeiro acontecerá hoje em Belo Horizonte/MG.

A partida não poderia acontecer em Salvador porque o Bahia, nesse jogo cumprirá decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que determina a perda de um mando de campo, em virtude da confusão generalizada na final da Copa do Nordeste, contra o Ceará, ocorrida no último mês de maio. “Ontem fomos contactados pelos representantes do clube e da Federação Bahiana e ficamos de dar um retorno, já que teríamos que conversar com o prefeito Colbert Martins. Definimos pela liberação e agora tudo será oficializado, quando receberemos representantes do Bahia para fecharmos alguns detalhes e a situação então ser devidamente homologada”, declarou Jairo Carneiro Filho, secretário Cultura Esporte e Lazer.

De acordo com o secretário, o Município entrará com o equipamento e disponibilizará uma equipe de apoio para atuar na administração do evento esportivo. “Custos adicionais ficarão por responsabilidade do Bahia, como a questão logística do VAR dentre outros detalhes. O Município também estará observando o cumprimento de normas específicas para a utilização da praça esportiva. Tudo isso será discutido com os representantes do Bahia”, destacou Jairo Carneiro Filho.   

NÃO É A PRIMEIRA VEZ

Não será a primeira vez que o Bahia joga contra um clube mineiro pela Copa do Brasil em Feira de Santana. Logo na primeira edição da competição, em 1989, no dia 29 de julho, o Esquadrão de Aço enfrentou o Cruzeiro e na oportunidade se classificou na competição, depois de vencer a raposa por 2 x 0, gols marcados por João Marcelo e Zé Carlos. No jogo de ida em Belo Horizonte, o Cruzeiro havia vencido por 1 x 0 e a volta teve que acontece em Feira de Santana porque a capital só contava com o Estádio da Fonte Nova, que estava abrigando no mesmo dia um jogo do Vitória também pela Copa do Brasil.

O Bahia, treinado na época por Renê Simões foi a campo com: Ronaldo; Mailson, João Marcelo, Vagner Basílio e Paulo Robson; Paulo Rodrigues, Gil Sergipano e Duda; Zé Carlos, Osmar e Marquinhos. O Cruzeiro do técnico Ênio Andrade foi a campo com: Pereira; Balu, Gilmar Francisco, Gilson Jader e Genilson; Andrade, Paulo Isidoro e Daniel; Betinho, Hamilton e Edson.

O jogo teve um público de 6.179 pagantes e foi apitado por José Roberto Wright, auxiliado por Jair Pereira Guimarães e Hernandes José Oliveira.

Por Cristiano Alves com informações de Miro Nascimento

Foto – João Augusto

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

44 respostas

  1. We are a group of volunteers and opening a new scheme in our community.
    Your website offered us with valuable information to work on. You have done an impressive job and our whole community will be grateful to you.

  2. Thanks for a marvelous posting! I definitely enjoyed reading it, you’re a great author.I
    will be sure to bookmark your blog and definitely will come back from now
    on. I want to encourage that you continue your great writing, have a
    nice afternoon!

  3. This is really fascinating, You are an excessively professional blogger.
    I have joined your rss feed and look ahead to in search of more of your excellent post.
    Also, I have shared your site in my social networks

  4. Pingback: gay royal dating

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *