Publicidade
Publicidade

Com divida de R$ 100 milhões Chape pede recuperação judicial

Compartilhe este Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Chapecoense entrou com um pedido de recuperação judicial junto à 1ª Vara Cível da Comarca de Chapecó e teve a solicitação atendida pelo juiz Ederson Tortelli. A informação foi confirmada pelo clube alviverde na manhã de hoje, durante entrevista coletiva, que contou com a presença da diretoria e advogados que auxiliam no processo.

Luiz Peruzzolo, vice-presidente administrativo e financeiro do Verdão do Oeste, explicou que a situação, considerada caótica e gravíssima em 2021, é ainda pior nesta temporada.

– A Chapecoense padece de uma grave doença, temos uma doença muito grave, estamos vegetando. Infelizmente, para toda doença grave, o remédio é amargo. E, muitas vezes, precisamos ousar com tratamentos especiais.

O vice-presidente de marketing, Alex Passos pontuou que a medida é diferente daquela adotada pelo Figueirense (recuperação extrajudical) e que o objetivo é resolver o problema financeiro do clube.

– É um longo caminho, começou agora, mas tem toda uma estruturação e planejamento. Tivemos apoio do Conselho Deliberativo de forma expressiva.

A decisão do juiz Ederson Tortelli, da 1ª Vara Cível, publicada no dia 3 de fevereiro, determinou medidas pelo prazo de 180 dias:

suspensão do curso da prescrição das obrigações do devedor sujeitas ao regime da Lei n. 11.101/2005.

suspensão das execuções ajuizadas contra o devedor, inclusive daquelas dos credores particulares do sócio solidário, relativas a créditos ou obrigações sujeitos à recuperação judicial.

proibição de qualquer forma de retenção, arresto, penhora, sequestro, busca e apreensão e constrição judicial ou extrajudicial sobre os bens do devedor, oriunda de demandas judiciais ou extrajudiciais cujos créditos ou obrigações sujeitem-se à recuperação judicial ou à falência.

Fonte – Globo Esporte

Foto – TV Chape

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.