Publicidade

Bombeiros vão se pronunciar sobre liberação de torcida no Joia até terça-feira

Compartilhe este Post

Até a próxima terça-feira (10) o Corpo de Bombeiros deverá se pronunciar a cerca da possibilidade do Estádio Joia da Princesa ter os laudos que liberam a presença de público nos jogos da 2ª divisão do Campeonato Baiano que começa no próximo dia 22 de maio. Esta decisão foi alinhada durante encontro entre representantes do 2º GBM, Prefeitura Municipal e Fluminense de Feira.

Por enquanto, a praça esportiva possui somente laudos que liberam a sua utilização para partidas sem público, já que desde o ano passado foi alertada pelo Corpo de Bombeiros a necessidade da criação de Plano de Pânico e Incêndio, que até então não tinha ocorrido inicialmente por conta da pandemia e mais recentemente por conta da falta de dotação orçamentária. Com a definição do orçamento foram iniciados os trâmites para o lançamento da licitação para a escolha da empresa que vai elaborar o projeto para a posterior execução.

Paralelamente a essa situação, foram iniciados entendimentos para se buscar uma solução para que o Fluminense tenha o torcedor ao seu lado já na largada da Série no dia 22 de maio diante do Jequié, em casa.

Em encontro realizado hoje ficou clara a busca de todos pelo mesmo objetivo: o do estádio ser liberado para jogos com público. “Não estamos atropelando processos, é bom deixar claro. Mas estamos discutindo todas as nuances e possibilidades junto ao Corpo de Bombeiros para que as coisas aconteçam da forma correta, ainda que não na sua totalidade”, esclareceu Jairo Carneiro Filho, secretário de Cultura Esporte e Lazer.

O dirigente disse que a ideia é buscar a elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), onde se possa pelo menos ter a possibilidade do estádio comportar até 6500 torcedores, o que corresponde a 40% da sua capacidade total que atualmente é de 16.274 pessoas. “Já entregamos uma documentação a cerca dessa situação, que deverá ser apreciada pela direção geral do Corpo de Bombeiros e depois de ponderações feitas na reunião de hoje ficou certo de que até a próxima terça-feira (10) acontecerá um pronunciamento oficial do Corpo de Bombeiros sobre este pleito. Estamos fazendo o possível para se chegar a um bom termo e o torcedor possa acompanhar os jogos principalmente do Fluminense na 2ª divisão”, afirmou Jairo Filho.

O secretário reiterou que a decisão não poderá tardar. “O presidente do Fluminense, Zé Chico, esteve com o presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ricardo Lima, que demonstrou preocupação com a situação do Joia e este prazo que ficou alinhado contempla a possibilidade de alteração, caso seja necessária. Vamos seguir trabalhando para que aconteça o que for de melhor para o esporte feirense”, declarou.

Por Cristiano Alves

Foto – Secom/PMFS

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.