Publicidade

Fabiano Soares destaca chances criadas pelo Vitória e critica árbitro

Compartilhe este Post

Em jogo marcado por confusão, o Vitória empatou em 1 a 1 com o Atlético-CE, ontem, pela 10ª rodada da Série C. O Rubro-Negro saiu na frente do marcado com Rafinha e sofreu empate de Caio Acaraú no fim do primeiro tempo. No segundo tempo, o rubro-negro ficou com um jogador a mais, mas fez pouca coisa de produtivo e ainda viu o meia Eduardo brigar com um jogador adversário.

Na entrevista coletiva após a partida, o técnico Fabiano Soares disse que o Vitória produziu o suficiente para vencer e criticou a arbitragem. Para o treinador rubro-negro, o time teve dois pênaltis não marcados.

– Hoje não ganhamos por uma atitude do árbitro, dois pênaltis claros que não foram marcados, perdemos muitas chances de gol. Não fomos capazes de fazer o segundo gol, mas merecíamos a vitória.

Em relação à expulsão de Eduardo, ela acontece uma semana depois do atacante Rodrigão receber cartão vermelho por reclamação. O treinador do Vitória afirma que vai trabalhar para que lances assim não voltem a acontecer.

– Vamos trabalhar para que isso nunca mais aconteça.

Fabiano Soares ainda perdeu quase meio time para a próxima partida, contra o Botafogo-SP. Além de Eduardo e Mateus Moraes, expulsos na confusão, Léo Gomes, João Pedro e Alemão receberam o terceiro cartão amarelo. Ricardo Amadeu, auxiliar técnico, também recebeu cartão vermelho no jogo deste sábado.

Vitória recebe o Botafogo-SP às 17h (horário de Brasília) do próximo domingo, no Barradão.

Fonte – Globo Esporte

 Foto: Reprodução / EC Vitória

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.