Publicidade

Cheio de expectativas Flu de Feira começa a lutar para voltar a Série A baiana

Compartilhe este Post

Cercado de muita expectativa, o Fluminense de Feira após 1 ano e 2 meses de “hibernação” – sem participar de disputas profissionais – volta a evidência no esporte baiano para buscar a retorno a elite do futebol estadual. Rebaixado no Campeonato Baiano de 2021, o Touro do Sertão começa a sua caminhada hoje na 2ª divisão baiana, competição que pela quarta vez na sua história volta a disputar. O adversário de estreia é a Associação Desportiva Jequié (ADJ), clube tradicional da conhecida “Cidade Sol”, que está há três anos tentando voltar a Série A baiana. A partida será às 15 horas no Estádio Joia da Princesa, que não poderá receber a sua capacidade total de público, mas com certeza uma grande torcida se fará presente para torcer pelo tricolor feirense.

A disputa da 2ª divisão já faz parte da história do Fluminense que em outras três oportunidades – 1999, 2014 e 2015 – participou da competição e somente em 2014 não logrou êxito de ascender a elite baiana, de onde fora rebaixado em 2013. Em 2015, a equipe foi vice-campeã e alcançou o tão sonhado objetivo de voltar à 1ª divisão em uma campanha épica que teve o apoio maciço do seu torcedor traduzido em grandes públicos, que naquele ano chegaram a superar públicos de determinados jogos da Série A do Campeonato Brasileiro.

Sete anos depois, está mais uma vez o Touro do Sertão a busca do mesmo objetivo, depois passar três anos por turbulentas administrações que resultaram em campanhas pífias e o rebaixamento da equipe na Série A no ano passado.

Depois de muitos conflitos administrativos, o clube voltou a ser gerido pelo grupo que basicamente fez o trabalho em 2015 que levou a equipe ao sucesso. Dentro de campo, o Touro é comandado por Arnaldo Lira, técnico que conta com um grande prestigio junto a sociedade esportiva feirense pelos bons trabalhos que realizou no Bahia de Feira e no próprio Fluminense ao longo do tempo. Jogadores como Rafael Granja, Alessandro Azevedo e Jarbas, que já deram muitas alegrias à torcida tricolor fazem parte do grupo que tem boas apostas como o meio-campista Colina e o atacante Junior Goiaba disputam uma competição pela primeira vez no Fluminense de Feira.

A competição deverá ser a mais disputada dos últimos anos com 12 times lutando por duas vagas para a Série A em 2023. Na primeira fase os times se enfrentam entre si em sistema de ida apenas – como no Campeonato Baiano – se classificando os quatro melhores para a fase semifinal que será disputada em sistema de ida e volta e os dois que passarem para a decisão automaticamente garantem vaga na elite para a próxima temporada.

Por Cristiano Alves

Foto – Gleidson Santos

Publicidade
Publicidade

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.